24°C

11°C

final

3 e 4

A Prefeitura de São Paulo está organizando uma reorganização da educação municipal. Com ela, o ensino nas escolas municipais vai ter mais qualidade. Mas antes das mudanças serem implantadas, queremos saber sua opinião. Colabore acessando www.maiseducacaosaopaulo.prefeitura.sp.gov.br
contacao

No último dia 29 de outubro comemorou-se o Dia do Livro e o Mais Educação São Paulo visitou a Biblioteca CEU Azul da Cor do Mar, onde acontece a Contação de Histórias. Essa boa prática fomenta o interesse pela leitura e ajuda no desenvolvimento da criança.

Compartilhe:

Discussão - 2 comentários
  1. ANTONIO DIAS NEME

    nov 01, 2013  at 15:59

    Boas Práticas – Contação de Histórias

    http://www.youtube.com/watch?v=V2uAt2Umtbs

    Boas Práticas – Contação de Histórias
    No último dia 29 de outubro comemorou-se o Dia do Livro e o Mais Educação São Paulo visitou a Biblioteca CEU Azul da Cor do Mar, onde acontece a Contação de Histórias. Essa boa prática fomenta o interesse pela leitura e ajuda no desenvolvimento da criança.

    Parabéns por esta iniciativa. Meus parabéns à todos do CEU Azul da Cor do Mar pelo MARAVILHOSO TRABALHO DESENVOLVIDO…PARABÉNS!!!!!! UM EXEMPLO PARA TODA A REDE MUNICIPAL

    Quem lê mais, vale mais…a leitura enriquece a alma! Enriquece nosso intelecto e aprimora nosso espírito

    “Nossa missão como educadores, é facilitar aos indivíduos acesso à informação e possibilitar, dessa forma, o desejo de aprender, de discutir, enfim, a formação do conhecimento ou o conhecimento em formação. Desta forma, nossa missão como agentes de transformação social é plenamente realizada.”

    Apenas a disponibilização de livros não é suficiente para formar leitores e o hábito de leitura. É necessário também investir na valorização social da cultura letrada e na formação de educadores-leitores, principalmente bibliotecários e professores . A importância dos espaços de leitura abertos ao público, através de sua função de difusor e facilitador do acesso ao conhecimento da cultura escrita, precisa ser resgatada como um dos elos mais democráticos da reivindicada igualdade social.
    Contação de histórias: uma prática inclusiva projeto voltado a atividades de contação de histórias visando à inclusão social e ao fomento do hábito de leitura:
    Destaco a sua importância:
    Proporciona às crianças e pré-adolescentes atividades culturais diretamente relacionadas ao livro e à leitura;
    Democratiza o acesso ao livro e literatura infantil;
    Incentiva o hábito de ler, à criatividade e imaginação;
    Oferece às escolas mais uma alternativa de atividade extraclasse, contribuindo para aumentar a permanência de alunos nas escolas;
    Atingi o público não freqüentador de bibliotecas, através de sessões de contação de histórias;
    Aproxima Escola e Sociedade;
    Contribui para a formação profissional de contadores de histórias, multiplicadores das
    práticas culturais de leitura.
    A realização de atividades de contação de histórias no ambiente escolar, permite a concretização da primeira de suas “missões-chave, cria e fortalece os hábitos de leitura nas crianças, desde a primeira infância.
    Qual melhor forma de uma sociedade amadurecer e desenvolver-se? Talvez a resposta mais qualificada para esta pergunta seja: pela educação, pela apropriação cultural. Se acredito que a leitura é a ferramenta de perpetuação ou de transferência dessa educação e dessa cultura para as novas gerações, a conclusão que se apresenta é que a leitura é a grande responsável pela apropriação, por uma sociedade, da educação e da cultura e, por extensão, do amadurecimento e desenvolvimento dessa mesma sociedade.
    Num sentido mais individual, penso também que é pela leitura que o homem incorpora o instrumental necessário para a sua sobrevivência social.

    A importância de contar histórias para crianças.

    As histórias na educação infantil são fundamentais na formação educacional da criança, em especial no início da escolaridade. As crianças gostam de ouvir seus avós, pais, etc. contando histórias bíblicas, de fadas, da vida deles mesmos e de quando eram crianças.
    Para o desenvolvimento de tal atividade deve ocorrer todo um planejamento, pois se trata de um momento mágico que a criança irá vivenciar e absorver algo que venha a identificar com ela naquele instante.
    Contar histórias é um meio muito eficiente de transmitir uma idéia, de levar novos conhecimentos e ensinamentos. É um meio de resgatar a memória.

    PROFESSOR ANTÔNIO DIAS NEME

    Responder

  2. Mari Briza Autran

    nov 06, 2013  at 15:59

    Isso é muito legal e essencial! Esse Projeto eu aprovo!

    Responder

Escreva seu comentário